A perda de um ou mais dentes causa um desequilíbrio da mordida, afetando a mastigação, a musculatura envolvida e a estética.

Você deve substituir o dente perdido o quanto antes para corrigir os problemas antes que se agravem mais. Espaços ausentes fazem com que os dentes adjacentes ao espaço migrem em direção à ele, desalinhando, inclinando, extruindo (aumentando de tamanho).

A perda dos dentes além do problema estético é um problema funcional importante, já que a qualidade de trituração dos alimentos fica prejudicada e como consequência o bolo alimentar também não estará na forma mais adequada para ir ao estômago. É comum em casos de muitas perdas dentárias, o paciente ingerir os alimentos quase inteiros, macerando somente com a língua, causando alguns problemas no sistema digestório.

Há diversas formas de reabilitar os dentes perdidos, tanto quando for um único dente ou quando forem múltiplos e, até mesmo, a reabilitação completa da dentição. Implantes, próteses fixas, próteses removíveis, ortodontia (aparelho) e reconstruções estéticas são alguns tipos de tratamento para este problema.

É importante ter em mente que a reabilitação desta perda dentária deve ser feita no prazo mais curto possível. Um bom planejamento com exames clínico, fotográfico e radiográfico auxiliarão no melhor resultado do tratamento.

Comentários desligados


Comentários fechados.